top of page
Dânae em Lisboa, Portugal

Sobre mim

Seja muito bem vindo/a!

Sou Dânae, nascida em São José dos Campos que há décadas chama a capital paulista de casa. 

Sempre pronta para arrumar as malas e viver novas experiências em todos os cantos do planeta.

Tudo começou nos idos da década de 90, quando eu ainda era praticamente adolescente e minha melhor amiga, cujos pais haviam se mudado para a Indonésia a trabalho, me convidou para visitá-la.

Naquela época (e ainda hoje), quando os brasileiros pensavam em uma primeira viagem internacional solo, os destinos habituais eram Europa Ocidental, Estados Unidos e Argentina. Até então, eu não conhecia nem nunca tinha ouvido falar de ninguém que tivesse viajado para a Indonésia a turismo, muito menos uma jovem solteira sozinha e sem grana.

Economizando aqui e ali, trabalhando como pude, consegui o dinheiro e embarquei na viagem que mudou minha forma de encarar a vida. Foram mais de 40 dias pelo Sudeste Asiático, mochilão nas costas, em alguns momentos com minha am
iga, em outros solo, vivendo aventuras inimagináveis e que até hoje, quando paro para pensar, fico em dúvida se eu estava realmente de posse de minhas plenas faculdades mentais.

Não se passou nem um ano e lá estava eu com uma outra amiga, dentro de um ônibus rumo à Bolívia, de onde seguimos pelo então famoso "trem da morte" até o Peru. Os 30 dias que lá estivemos, com 
 ̶ ̶p̶e̶r̶r̶e̶n̶g̶u̶e̶s̶  experiências inimagináveis de toda sorte, cimentaram esse espírito viajante do qual não consegui nunca mais me livrar (ainda bem!).

Um tempo depois conheci o Renato, e estamos juntos há mais de duas décadas, compartilhando a vontade de conhecer novos lugares e colecionar aventuras. Já visitamos mais de 45 países juntos e percorremos grande parte do Brasil.

Com a chegada de nossas duas filhas, pensamos que teríamos que reduzir (ou pior, até parar!) as viagens
 ̶d̶o̶i̶d̶a̶s̶ ̶, principalmente para lugares fora dos destinos mais tradicionais. Doce engano. Aos 5 meses, nossa mais velha embarcou no seu primeiro voo intercontinental e assim que a mais nova completou dois anos, partimos para a nossa primeira viagem internacional a 4.

Até agora, visitamos 28 países em família e fizemos inúmeras viagens, longas e curtas, para aqui pertinho ou bem longe.

Não pretendemos parar tão cedo.

Nem sempre foi fácil, e muitas vezes a prática acabou sendo muito diferente do que havíamos planejado, mas cada momento, cada perrengue, cada centavo gasto valeu a pena.

Aqui compartilho nossas histórias, que elas inspirem você a fazer as malas e fazer o check-in em sua próxima aventura em família.

Para conhecer um pouco mais sobre mim, confira minha entrevista (em inglês) para a Bess, do blog e Instagram Pattons With Passports, parte Travel Mom Series, 'The Discoverer Travel Mom: An In-Depth Interview'

sobre esse blog

Amigos e parentes sempre vinham me pedir dicas sobre os lugares que viajamos e dicas para ajudá-los a viajar tanto quanto nós, para lugares diferentes e sem estourar o orçamento.

No começo, eu tinha tudo de cabeça, mas conforme o tempo foi passando e as viagens se multiplicando, os detalhes foram se perdendo na minha memória (que nunca foi das melhores).

sobre o blog

Em 2022, criei o blog para registrar nossos melhores momentos e ter tudo à mão quando alguém me pedisse uma indicação.

 

Mas, mais do que tudo, esse blog é um presente para minhas filhas. Para que elas possam, daqui a décadas, ler esses relatos e lembrar os momentos que vivemos juntas. Para que possam descobrir eventos dos quais não se recordavam e riar com os perrengues que passamos. Para que que possam recontar essas aventuras a seus próprios filhos, sobrinhos ou amigos. Inspirar-se com a coragem e determinação que tivemos ao longo desses anos.

O blog é esse mix maluco de informação útil e memórias afetivas. 

Aqui conto o que vivemos, os lugares que conhecemos e as experiências (boas ou más) que tivemos. Nós pagamos todas as nossas viagens. Não recebemos diárias grátis, passeios cortesia ou qualquer outro benefício para divulgação no blog. Não pedimos por tratamento especial ao viajar por sermos "blogueiros" ou "influencers". Dessa forma, não temos problema algum em dar nossa opinião sincera. Fique tranquilo para confiar na nossa experiência e na nossa opinião.

Tudo que você lerá no blog foi escrito por mim. Não há guest posts, nem muito menos posts gerados por IA. 

Algumas pessoas me disseram que blogs estão mortos, que hoje o foco são as redes sociais, e que a inteligência artificial em breve acabará com a blogsfera de vez . "Ok, por mim tudo bem". Você me encontra no Instagram, mas o que gosto mesmo é de escrever no blog. Todas as minhas viagens são planejadas com informações que obtenho em blogs de viagem (e também em guias de viagem tradicionais, amo o Lonely Planet!), então de certa forma trato esse blog como uma forma de retribuir à blogsfera tudo que ela me ajudou ao longo dos anos.

No blog, você encontrará links de afiliados e alguns anúncios. Caso você opte por realizar alguma reserva ou compra usando esses links, o valor que você pagará será o mesmo, mas uma pequena parcela desse valor será revertida a nós. Isso é importante para ajudar a pagar os custos de manter esse blog no ar.

Obrigada por nos visitar e boas viagens!

últimos posts
bottom of page